12 março 2019

Polícia fala sobre novas acusações envolvendo Jung Joon Young que compartilhou vídeos sexuais ilegais em sala de bate-papo com outros artistas

 (Yonhap News) 


A polícia comunicou que uma nova investigação será realizada sobre as acusações de um vídeo sexual gravado ilegalmente de uma ex-participante de um show de talentos e outros vários vídeos compartilhados em uma sala de bate-papo.

Jung Joon Young, cantor e compositor, mais conhecido através do programa "2 Days & 1 Night" está sob investigação por suspeita de compartilhar vídeos sexuais em um grupo de conversas no Kakao Talk com colegas artistas, de acordo com a Agência de Polícia Metropolitana de Seul.

Acredita-se que o cantor de 30 anos tenha gravado os vídeos sem o consentimentos das mulheres com quem dormiu e fez isso com pelo menos 10 mulheres, disse a polícia.

Em breve a polícia irá chamar Jung que está no exterior para questioná-lo sobre as alegações.

Sua agência em um comunicado para a imprensa nesta terça-feira, disse que Jung vai cancelar sua agenda para cooperar com a investigação.

As alegações aconteceram em meio a ampla investigação da polícia contra Seungri, acusado de prestar serviços de acompanhantes para parceiros de negócios. A polícia revistou o Clube Arena, uma boate no distrito de Gangnam, para coletar provas do suposto crime.

Seungri disse na segunda-feira que estava se aposentando da indústria do entretenimento.

Fonte: (1)

0 comentários: