04 fevereiro 2019

OUTRA CONTROVÉRSIA ENVOLVENDO UMA MULHER TAILANDESA NO BURNING SUN

Um vídeo chocante de uma mulher sendo arrastada para fora do Burning Sun foi compartilhado, relacionando-a à moça que sofreu assédio, mencionada pelo Sr. Kim. Os dois casos aconteceram em dias diferentes. A suposta agressão ao Sr. Kim ocorreu em 24 de novembro de 2018 e a moça que aparece na filmagem em 1 de dezembro de 2018.




O Burning Sun compartilhou as filmagens das câmeras de segurança da boate para esclarecer a história dizendo que se tratava de uma estrangeira que estava causando comoção na mesa de clientes dentro da casa. A moça, que estava alterada, agrediu pessoas dentro do local e foi arrastada para fora por um segurança.

No vídeo abaixo, a moça é vista na frente da boate com dois funcionários do Burning Sun que são agredidos por ela no rosto, enquanto esperavam a polícia que foi acionada pelo do clube noturno.





해당 영상에 대한 해명글 입니다 끌려나간후 같은 날 추가 영상이 있습니다 2018년 12월 1일 오전 01시 35분경 VIP테이블에서 취객 여자(태국인)이 테이블 술을 강제로 개봉하여 훔쳐 마시는등 난동을 부려퇴장 조치하였습니다. 퇴장하는 과정에서 가드 머리를 1차 폭행하였고 저희버닝썬 가드팀이 경찰신고 후 대기중 버닝썬 여자가드가 담당하고 있었으며 외국인과 의사소통 가능한 직원(청자켓 입은 남성)이 영어로 상황을 설명해 주었지만 오히려 화내며 여자가드와 영업진을 각각 1차례씩 폭행 하였습니다. 경찰 도착 후 해당영상을 경찰에 제출하였으며 외국인 고객은 현행범으로 체포되었으며 이후 노트북수리비 폭행 합의금을 받고 사건은 종결 되었습니다.
club burningsun_official / 버닝썬(@burningsun_seoul)님의 공유 게시물님,

 Tradução da descrição: “Depois de mandá-la para fora, por volta de 1:35 em 01 de dezembro de 2018. Havia uma moça bêbada (da Tailândia) na mesa VIP, bebeu vinhos que estavam sobre a mesa e começou a causar incômodo. Aos gritos, ela dizia “Por que eu preciso sair?” e acertou a cabeça de um segurança do bar principal, causando uma bagunça e por isso é que a obrigamos a sair.  A equipe de segurança estava esperando pela polícia e nós tentávamos explicar o que estava acontecendo com funcionários que sabem inglês. Mas a cliente ficou furiosa e agrediu os seguranças e funcionários no rosto. Depois a polícia chegou, nós fornecemos as imagens de segurança e ela foi levada. Após o incidente, recebemos a confirmação de que ela iria pagar uma compensação pelo computador quebrado e também pelos danos causados devido ao seu comportamento violento”.
 Ela foi levada para a delegacia por vandalismo, violência e interferência de deveres públicos. No dia seguinte, ela pagou pelos dados causados e escreveu uma carta de desculpas por causar perturbações e quebrar o notebook.





club burningsun_official / 버닝썬(@burningsun_seoul)님의 공유 게시물님,


As images de uma publicação feita por uma das seguranças femininas do clube, contou como ocorreu o evento e ele está de acordo com o que foi descrito nas redes sociais da casa noturna. Ela negou que a mulher estivesse sendo levada para ser violentada sexualmente, como tem sido especulado por internautas. A publicação também inclui a carta de desculpas em inglês escrita pela moça tailandesa.


Não houve nenhuma acusação de estupro ou qualquer tipo de assédio por parte da moça que aparece no vídeo. Não sabemos como esses rumores começaram e não encontramos nenhuma fonte ou notícia a respeito.

0 comentários: