13 fevereiro 2019

Internautas compartilham foto de Seungri com uma mulher suspeita de vender drogas



Um foto de Seungri com uma mulher chinesa, Aena, são veiculadas na internet após testemunhas afirmarem que a moça esteve vendendo comprimidos brancos no clube para clientes do Burning Sun.



Aena postou em outubro do ano passado em sua conta do Facebook, dizendo: “Tenho que trabalhar duro para tirar uma foto com Seungri. Trabalhando duro após uma semana de embriaguez”. 

Recentemente, a MBC levantou suspeitas de que essa mulher talvez fosse a chave para o fornecimento de drogas, com base em múltiplos testemunhos de que “uma mulher chinesa” estava fornecendo comprimidos dentro do Burning Sun. Aena tem trabalhando como promoter (MD) no clube até o ano passado.

De acordo com alguns relatos da mídia, Aena foi uma das mulheres que processou Kim Sang Kyo, a vítima de agressão no Burning Sun, em novembro do ano passado.

Kim Sang Kyo recentemente publicou em suas redes sociais: “Uma das mulheres que alegou ter sido abusada sexualmente por Kim Sang Kyo, de acordo com os relatórios da MBC, é a chinesa Aena”. Esses artigos compartilhados por ele foram excluídos.

Seungri e representantes do clube publicaram esclarecimentos dizendo que Seungri era apenas um Diretor de Relações Públicas no Burning Sun e isto vem causando controvérsias entre os internautas, devido a Seungri renunciar no mês passado o seu cargo.

A polícia está investigando as supostas acusações relacionadas ao Burning Sun, mas os planos de investigar a mulher chinesa “Aena”, suspeita de tráfico de drogas, ainda não houve pronunciamento uma vez em que a polícia não obteve contato com ela.

(Observação: Não encontramos nenhum relatório policial sobre as suspeitas sobre a mulher chinesa “Aena”, até o momento. Fizemos a tradução do artigo original em coreano do MBC/SBS).

0 comentários: