04 fevereiro 2019

Homem fala sobre sua prisĂŁo que aconteceu no clube noturno Burning Sun e revela imagens da CCTV

📆 29 de janeiro de 2019

Em 28 de janeiro, o programa “News Desk” da MBC revelou uma gravação de uma câmera de segurança que filmou o momento em que houve uma agressĂŁo no Burning Sun, clube que Seungri Ă© o maior acionista. O caso ocorreu no ano passado em Gangnam.

Kim, que afirma ser a vítima, foi supostamente atacado pelos seguranças do clube, mas foi preso como o agressor.

Anteriormente, ele postou em uma comunidade online sobre o incidente. Ele escreveu: “No dia 24 de novembro, no Burning Sun, uma mulher que estava sendo assediada sexualmente se agarrou no meu ombro e se escondeu atrás de mim. Pedi ajuda a um segurança, mas acabei sendo espancado por eles e outras pessoas”. Ele alegou que foi algemado e levado para a delegacia, onde foi agredido ainda mais pela polĂ­cia. Para sustentar as alegações, ele colocou uma foto do rosto sangrando e outra recebendo tratamento mĂ©dico.

Na recém revelada filmagem da câmera de segurança, mostram que vários seguranças arrastam Kim para fora do clube e o fazem cair no chão. O CEO do clube, Sr. Jang, agarra o homem pelos cabelos, bate na cara dele e o arrasta para a estrada, continuando a espancá-lo. Os seguranças ajudam.

Em entrevista para o “News Desk”, o Sr. Kim declarou: “Uma pessoa assumiu a liderança em me bater e os seguranças ajudaram. Foi extremamente vergonhoso. Lembro que todos estavam observando”. Quando o CEO Jang e os seguranças voltaram para o clube, o Sr. Kim ligou para a policia e relatou o incidente.

Após 10 minutos a policia chegou ao local, eles falaram com um representante do clube e colocaram algemas no Sr. Kim. De acordo com Kim, a polícia não tentou procurar o Sr. Jang, olhar dentro ou chegar as imagens das câmeras de segurança.

Em um documento que explica as razões da prisĂŁo do Sr. Kim, ele foi colocado como o agressor e o Sr. Jang como vĂ­tima. Quando o “News Desk” entrou em contato com o suposto agressor e a polĂ­cia para ouvir o outro lado da histĂłria, uma fonte confirmou que o Sr. Kim foi acusado de assĂ©dio sexual, enquanto a polĂ­cia declarou que ele foi preso por obstrução aos negĂłcios. AlĂ©m disso, a polĂ­cia disse que eles estĂŁo investigando os dois casos, incluindo as alegações de assĂ©dio sexual do Sr. Kim dentro do clube e suas alegações de agressĂŁo fĂ­sica contra o Sr. Jang, presidente do Burning Sun.

Mais tarde, Kim compartilhou nas redes sociais: “A polĂ­cia me convocou devido Ă  acusações do Sr. Jang contra mim por difamação. NĂŁo me faça ir e vir, vocĂŞ Ă© quem vem ao tribunal. Vou denunciar vocĂŞ e entĂŁo vamos deixar claro quem foi difamado”.


Fonte: Soompi

0 comentários: